Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2010

Tenho vergonha de ser brasileiro

Imagem
Justamente foi isso que vocês leram. Eu tenho vergonha de ser brasileiro. Sobretudo nesta época de copa, em que vemos a verdadeira cara do brasileiro: acomodado, submisso à mídia e aos valores sociais e completamente alheio à resolução dos problemas do país. Um povo que ao invés de resolver os seus problemas, utiliza o fanatismo de copa como tapa-buraco de seus problemas. Um típico comportamento de quem é acomodado e tem a auto-estima em níveis bastante reduzidos.

Um povo que não tem o senso do ridículo de comprar bandeirinhas, cornetas e até caríssimas TVs, para satisfazer aquilo que é entendido de maneira errada como "dever patriótico". Desde quando uma simples diversão é "dever patriótico"?

Nesta época todos ficam hipnotizados por uma mera equipe de futebol conhecida apenas como "seleção" ou como "Brasil", como se fosse toda a nossa população que estivesse correndo nos gramados de um estádio de futebol.

Já falei das incoerências dos fanáticos po…

Alta definição de imagem, com baixa qualidade de conteúdo? Ninguém merece!

Imagem
Muito se está falando em alta definição de imagem, conhecida como HDTV. A imagem vem com cores mais vivas e maior nitidez.

Mas eu pergunto: para quê melhorar a qualidade de imagem se a qualidade da programação vem caindo horrores, reduzindo o seu nível para satisfazer pessoas pessimamente instruídas e de baixíssimo nível intelectual?

Dá para ver que o interesse em oferecer uma programação da qualidade passa bem longe da mente de nossos poderosos empresários da comunicação (tão poderosos que se uniram para criar um instituto altamente golpista e mercenário, com o objetivo de manter a população "tranquilamente" controlada). A consagração do sistema está se dando em um fútil evento que é a copa de futebol. Mais fútil, só se fizerem um "Big Brother" em um banheiro público. Melhor medir minhas palavras senão vão encarar essa como sugestão (eeeca!).

Não se vê mais programas que valorizem a inteligência, que eduquem (nem as !educativas" estão fazendo isso: a TVE e a Fut…

Coitadinha da Jaqueline Mourão

Imagem
A nossa representante nas Olimpíadas de Inverno de 2010, além de enfrentar o imenso frio canadense, foi completamente ignorada pelo povão brazuca metido a patriota.

- Nínguém parou o que estava fazendo ou decretou folga para assistir a atleta;

- Ninguém compôs musiquinha para animar a torcida pela jaqueline;

- Ninguém ficou dizendo que a Jaqueline era o nosso país nas olimpíadas de inverno;

- Nenhum telejornal fez um especial só com reportagens sobre a atleta, com direito a saber sobre a cor da calcinha que ela irá usar na prova;

- Nenhuma rede de televisão passou propagandas insistentes com mensagens ufanistas bastante agressivas para favorecer a torcida por Jaqueline;

- Ninguém comprou bandeiras e vuvuzelas para urrarem feito bichos selvagens em favor da Jaqueline;

- Ninguém ficou o tempo todo dizendo que torcer pela Jaqueline era patriotismo;

Coitadinha da Jaqueline. Ninguém torceu por ela...

Torcer pela "seleção" de futebol é patriotismo. Torcer pela Jaqueline nas olimpíadas não …

A copa chegou. Temos que nos proteger do fanatismo

Imagem
Hoje, dia 11 de junho de 2010, começou a tão temida copa do mundo de futebol. Por motivos bastante fúteis, é a época em que o nosso país entra num recesso não-assumido, onde a mídia não consegue falar de outro assunto e onde muitos desocupados, iludidos com as vazias promessas de patriotismo ficitício, saem vestidas com as cores do uniforme da Seleção Amarelão.

A copa de futebol é semelhante ao Natal, quando as crianças imaginam que aquele velhinho vestido uma calorenta roupa de inverno - em pleno verão - vai dar presentes como prêmio por bom comportamento no ano. Na copa é assim. A diferença é que na copa, os adultos também agem da mesma forma. Uma mitologia infantil que acaba por encantar a população tupiniquim - com uma ajudinha da pressão da mídia, é claro.

Por isso os blogs que administro vão tentar ficar fora dessa patriotada, com textos inteligentes questionando, não o futebol, que é uma forma de distração válida e sadia, mas a incoerência resultante do fanatismo que gira em torn…